‘Estrada do sol’: Como a França está Usando Rodovias para Gerar Energia.

forza-engenharia24

‘Estrada do sol’: Como a França está Usando Rodovias para Gerar Energia.

Painéis solares resistentes ao peso de carros foram instalados em uma estrada na região da Normandia, no noroeste do país. A França é um dos países mais dependentes do mundo em energia nuclear. Três quartos do que é consumido localmente são gerados por essa fonte “suja”, segundo dados de janeiro de 2017 da ONG World Nuclear Association.

A produção de energia renovável — ou energia “limpa” — ainda corresponde a uma parcela pequena no abastecimento do país. Mas os franceses têm demonstrado, nos últimos anos, a intenção de reduzir a dependência nas usinas nucleares. O trecho de estrada recoberto de painéis solares inaugurado em dezembro de 2016 na região da Normandia, o primeiro do mundo, é um dos passos nessa direção. O trecho de cerca de um quilômetro faz parte de um plano maior.

No início de 2016, o ministro francês de Ecologia e Energia anunciou a pavimentação de cerca de mil quilômetros de estrada com painéis solares nos cinco anos seguintes. Quando entregues, as placas abastecerão cinco milhões de pessoas com energia renovável. O projeto recebe o nome de “Wattway” (Via ou caminho de watts, unidade de medida usada para energia elétrica, em tradução livre).

Com a vantagem de não ocuparem terras agricultáveis ou outras paisagens naturais, as rodovias fotovoltaicas já são defendidas há pelo menos uma década por pessoas como os americanos Scott e Julie Brusaw, fundadores da associação “Solar Roadways”. Alemanha e Holanda também são o lar de entusiastas da alternativa. Mas, até a Wattway francesa, apenas experimentos em trechos muito curtos haviam sido feitos.

Os painéis projetados para cobrirem as estradas na França têm pouco mais de um centímetro de espessura, mas são fortes o suficiente para suportar tráfego intenso sem quebrar e tem aderência para não permitir que os carros derrapem, segundo um artigo publicado no site “Global Construction Review”. Além disso, foram feitos para serem instalados diretamente sobre a superfície de rodovias já existentes, não gerando gastos para “desfazer” a infraestrutura já construída.

Sobre Autor

Deivid Oliveira

Possui formação TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA em 2005, ENGENHEIRO ELETRICISTA em 2014 e com mais de 10 anos de atuação no seguimento de manutenções e instalações elétricas.

Comments ( 2 )

  • Luiz Ferreira

    Mais uma vez mais as energias Sustentáveis ganham espaço no mundo.
    Parabéns pelos conteúdos postados, sempre nós trazendo conhecimento!

    • Deivid Oliveira

      Luiz Ferreira, boa noite.
      Com certeza a ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA veio para ficar!!!
      Muito obrigado pelo comentário, visamos sempre disponibilizar os melhores conteúdo a todos!

Dê uma resposta

Como posso te ajudar?